BONS NEGÓCIOS
BUSCADOR DE FRANQUIAS
VER TODAS
Francap
Rede Poderoso Timão planeja abrir lojas em outros países
O projeto do Corinthians de internacionalizar sua marca deve ser acompanhada também com a abertura de unidades da rede Poderoso Timão em outros países. Segundo André Giglio, sócio-diretor da consultoria Francap, que administra a rede de franquias, já houve interesse vindo de países da América do Sul e Europa, além de Estados Unidos e Japão.

“Temos feito estudos para isso acontecer, mas antes precisamos definir um modelo operacional para comercializar os produtos exterior”, afirma Giglio. Para a iniciativa, o executivo cita entre os obstáculos a logística para abastecer as unidades com itens recém-lançados e a legislação diferente da brasileira para a comercialização de produtos no mercado externo.

“A forma de atuar é bem mais complexa”, define ele. Enquanto a expansão para outros países não ocorre, a rede se concentra na estratégia de expansão no mercado brasileiro. Atualmente, são 115 lojas Poderoso Timão espalhadas por todo o país e a expectativa é encerrar este ano com pelo menos 120 unidades.

“Até o ano passado, a rede já vinha obtendo um bom ritmo de exp ansão . Mas com os títulos conquistados, o número de interessados em abrir uma franquia aumentou muito”, comenta o sócio-diretor da administradora da Poderoso Timão. Segundo ele, hoje são cerca de 10 mil pessoas que já manifestaram o interesse em investir na abertura de uma unidade da marca. “O interesse é grande mas não podemos entregar a rede para qualquer um”, diz Giglio.

Próximo ano para abrir uma loja da Poderoso Timão, o investimento varia de R$ 100 mil a R$ 200 mil de acordo com o modelo da franquia, que pode ser uma loja convencional ou quiosque.

Para 2013, a projeção é comercializar os produtos do Corinthians em pelo menos 150 estabelecimentos. Ao final deste ano, a rede deve registrar um faturamento em torno de R$ 110 milhões, uma alta de quase 40% sobre a receita atingida em 2011, que foi de R$ 80 milhões. De acordo com Giglio, as vendas obtidas no mês de julho deste ano, quando o Corinthians conquistou a Libertadores, foi três vezes superior à média mensal.

“Julho é um mês fraco para vendas mas para nós foi praticamente um Natal”, comenta ele, citando que a conquista atraiu para as lojas muitos torcedores que não tinham o hábito de adquirir produtos do Corinthians. “E se ganhar o Mundial, vamos ter praticamente três Natais este ano”, completa.
icon facebook
icon facebook
Rua Pedroso Alvarenga, 1046 - 14º Andar - Itaim Bibi - São Paulo/SP | Tel. (11) 5180-5555 | Fax. (11) 3079-1998
desenvolvido por Criamix
NEWSLETTER