BONS NEGÓCIOS
BUSCADOR DE FRANQUIAS
VER TODAS
Francap
Onde a sua marca deve estar?
O processo de prospecção do ponto é fator decisivo para o sucesso de uma franquia.

Quando um candidato a franqueado busca uma oportunidade de negócio ele está repleto de expectativas em relação ao que aquela rede de franquias poderá lhe oferecer. Em uma reunião de apresentação há uma pergunta recorrente.
- Onde a franqueadora quer estar? Quais os pontos disponíveis?

Na maioria das vezes a resposta é recebida como outra pergunta.

- Onde você pretende abrir sua franquia? Qual a sua região de interesse?

Muitas vezes este candidato não se interessa somente em abrir uma franquia em um local próximo à sua casa ou região onde reside. Ele espera que a Franqueadora lhe ofereça opções seguras, pré-analisadas e que lhe tragam uma segurança maior em relação ao retorno de seu investimento.
Por isso, cada vez mais as grandes redes buscam os locais onde elas querem estar, não esperando somente a contrapartida do candidato. Para definir esses locais são feitos estudos detalhados sobre o local do empreendimento, a administradora do shopping, o fluxo de pessoas, os concorrentes presentes, as lojas âncora que se instalaram no local, o perfil de público, de gastos, de locomoção até o local. Uma infinidade de dados são compilados e estrategicamente analisados para se chegar a um ponto o qual a franqueadora acredita que será lucrativo para o investidor.

A rede de culinária rápida Montana Express do Grupo Montana Grill, por exemplo, define os pontos onde ela deseja abrir novas unidades, avalia a oportunidade do local, negocia e na reunião de apresentação oferece estas opções aos franqueados.

Outro aspecto considerado pela rede nesta prospecção e que é fundamental ao sucesso do empreendimento é o tempo de existência do shopping.
Se é um shopping novo, que será inaugurado, é preciso considerar que há um tempo de maturação, para que o público se habitue a frequentar o local. Se é em uma cidade onde já existem outros shoppings este período pode ser maior, devido à concorrência. Se é o 1º shopping da cidade este período pode ser menor, mas mesmo assim deve ser considerado.
Neste caso a franqueadora deve analisar quais as lojas âncora que estarão no empreendimento, o tamanho da praça – quanto menor melhor - a concentração do fluxo de pessoas, valores imobiliários (que podem inviabilizar o negócio e que precisam estar bem definidos em contrato). Em uma cidade maior se avalia o fluxo de pessoas ao redor e em uma cidade menor, são consideradas as cidades do entorno que também podem ser atendidas.

Em um shopping já maturado é importante analisar os números do shopping como faturamento e fluxo de pessoas e fazer uma checagem in loco em dias e horários alternados para avaliar o fluxo. Sempre buscar também um destaque dentro da praça, um ponto de esquina ou na entrada e perto de marcas expressivas, mas nunca com produtos similares.
“Esta análise prévia surpreende os candidatos, principalmente aqueles que já participaram de processos de outras redes, as quais não apresentam esta oportunidade. É um diferencial da rede e transmite segurança e profissionalismo ao candidato”, conta Alex Piton da Montana Express.

Muitas vezes o próprio shopping demonstra interesse em ter a marca, isso transmite a credibilidade que a rede possui perante as administradoras.
A Montana Express atingiu este patamar, oferecendo ao candidato pontos em praças de alimentação de shopping disputados, atualmente são mais de 40 pontos negociados em todo o Brasil disponíveis para candidatos em potencial.

Este é o primeiro passo para o sucesso do empreendimento, no mais é o trabalho conjunto entre franqueado e franqueadora que no dia a dia farão o melhor para atender seus clientes e atrair cada vez mais admiradores da marca.
icon facebook
icon facebook
Rua Pedroso Alvarenga, 1046 - 14º Andar - Itaim Bibi - São Paulo/SP | Tel. (11) 5180-5555 | Fax. (11) 3079-1998
desenvolvido por Criamix
NEWSLETTER