BONS NEGÓCIOS
BUSCADOR DE FRANQUIAS
VER TODAS
Francap
Negócio saneado
Porque começar do zero? Esta é a pergunta que ilustra a matéria "Como eu comprei a minha primeira empresa", da Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios de setembro, que pretende demonstrar as histórias de quem se deu bem com um negócio já montado.

Um dos entrevistados é Felipe Maia, franqueado da Supersan. Ele conta um pouco da sua história, e conta porque decidiu investir em uma franquia já montada.

Por Fernanda Tambelini e Laura Knapp

Foram dois anos de pesquisa para realizar o sonho de tocar o meu próprio negócio. Mesmo com um emprego seguro, não deixava de prospectar idéias que pudessem se transformar em uma empresa de sucesso. A oportunidade surgiu quando um amigo me disse que estava disposto a passar para frente a sua Franquia da SuperSAN, pois não conseguia fazer ela decolar. Fiz um bom estudo de mercado, uma sólida análise financeira e um plano de negócios com projeções de custos para o primeiro ano de operação. Descobri que o cenário era promissor. O problema central era que os antigos sócios nem chegaram a trabalhar o mercado direito. Dois fatores pesaram na decisão de compra: o fato de ser franquia, o que me dava segurança e know-how de operação, e o aspecto inovador do negócio, especializado no controle microbiológico em ambientes fechados. Investi R$ 00 mil na compra da unidade de Recife, 25% menos do que o preço de uma loja nova. Montei a estrutura da franquia para faturar no primeiro semestre R4 10 mil por mês. Acertei na equação. Como o serviço prestado deve ser repetido a cada seis meses, já é possível formar uma carteira de clientes fiéis.”
icon facebook
icon facebook
Rua Pedroso Alvarenga, 1046 - 14º Andar - Itaim Bibi - São Paulo/SP | Tel. (11) 5180-5555 | Fax. (11) 3079-1998
desenvolvido por Criamix
NEWSLETTER