BONS NEGÓCIOS
BUSCADOR DE FRANQUIAS
VER TODAS
Francap
Caracol leva chocolates de Gramado para o país com franquias
A rede do Rio Grande do Sul inaugurou suas primeiras unidades no Rio de Janeiro
São Paulo – É de Gramado, no Rio Grande do Sul, que saem 300 toneladas de chocolate ao ano para abastecer as lojas da Caracol Chocolates no país. Muito conhecida na região Sul, a marca começa agora a marcar presença em outras regiões. Neste mês, inaugurou suas primeiras franquias no Rio de Janeiro, mas já tem unidades no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Goiás.

No mercado há 31 anos, a empresa quer ser reconhecida também fora do Rio Grande do Sul. “O objetivo da expansão é disponibilizar para o maior número de consumidores um chocolate puro artesanal. A Caracol Chocolates iniciou um projeto de franquias que pretende chegar a mais de 150 pontos de venda em todas as regiões do país até junho de 2018”, explica Rafael Sager, gerente de marketing da empresa.

Hoje, a empresa produz 300 toneladas de chocolate ao ano. “Para acompanhar a expansão da rede, a fábrica passará a trabalhar em dois turnos e receberá ajustes e equipamentos para chegar gradualmente a uma capacidade de 1,2 mil toneladas por ano”, diz Sager.

Há três anos a empresa planeja este crescimento, com o auxílio da consultoria de franquias Francap. Até junho de 2014, devem ser inauguradas dez unidades, com foco nas regiões Sul e Sudeste. “A produção é centralizada em Gramado. Por uma questão de logística, estamos priorizando a abertura de lojas nas regiões Sul e Sudeste até junho de 2014”, indica o gerente da marca. Hoje, as entregas são feitas por via aérea e com caminhão refrigerado.

Para as inaugurações no Rio de Janeiro, a empresa investiu 150 mil reais, em dois quiosques, um no Aeroporto Internacional Tom Jobim e outro no Aeroporto Santos Dumont. A escolha por quiosques foi feita pela facilidade de entrar no mercado e o baixo custo. “O foco da marca é estar em locais de grande circulação em que haja público economicamente ativo. Temos um conceito de chocolate boutique, com produtos de alto valor agregado com um preço acessível. Nosso maior foco são os shopping centers”, afirma.

Uma franquia da Caracol Chocolates exige investimento inicial de 78 mil a 93 mil reais, para quiosques, e de 189 mil a 198 mil reais para lojas. Nos dois modelos, é possível instalar também uma cafeteria. O faturamento médio varia de 35 mil a 80 mil reais, com lucro médio mensal de 12% a 18%. O retorno do capital acontece em até 36 meses de operação.

Fonte: http://exame.abril.com.br/pme/cases-de-sucesso/noticias/caracol-leva-chocolates-de-gramado-para-o-pais-com-franquias
icon facebook
icon facebook
Rua Pedroso Alvarenga, 1046 - 14º Andar - Itaim Bibi - São Paulo/SP | Tel. (11) 5180-5555 | Fax. (11) 3079-1998
desenvolvido por Criamix
NEWSLETTER